5 mitos do WordPress que você precisa saber

mitos do wordpress

Há tantos mitos do WordPress que é difícil filtrar tudo isso. Um desenvolvedor WordPress deve constantemente abordar os mitos sobre as melhores maneiras de manter a segurança e o desempenho de um site WordPress, especialmente aqueles que são infundados.

O que torna esses equívocos particularmente infecciosos é que a maioria dos mitos do WordPress contém um elemento de verdade, mas são fortemente distorcidos. Ao aprender a identificar esses mitos, você pode gastar seu tempo e energia focados em métodos mais produtivos de melhoria do site. Vamos ver 5 dos mais comuns mitos do WordPress agora desmascarados.

Mitos do WordPress

Mito 1: Revisões do desenvolvedor do WordPress reduzem a velocidade do site

As revisões do WordPress não afetam de forma alguma a velocidade ou o desempenho geral do seu site. De acordo com um co-fundador e desenvolvedor do WordPress chamado Mike Little , o WordPress é projetado para ignorar revisões front-end. Seu banco de dados MySQL é capaz de gerenciar um número significativo de revisões sem afetar negativamente a velocidade do site.

Mas até mesmo um banco de dados extenso tem seus limites de armazenamento, e as revisões ocupam espaço no próprio banco de dados. Isso provavelmente não é um problema para o usuário padrão do WordPress, mas é algo que deve ser levado em conta no gerenciamento do banco de dados, pois as revisões podem se acumular ao longo do tempo.

Mito 2: Muitos plugins retardam a velocidade do site

Muitos proprietários e construtores de sites WordPress acreditam erroneamente que os plugins diminuem a velocidade de um site. Mike Little também explicou que os plugins variam significativamente em seu efeito na velocidade de carregamento do site. Embora alguns plugins sejam complicados e possam fazer com que alguns recursos do seu site sejam carregados lentamente, outros não causam problemas.

Para obter os melhores resultados, examine as resenhas de usuários para eliminar plugins que têm classificações ruins para codificação problemática. Você pode até baixar alguns plugins que são especificamente destinados a aumentar a velocidade do seu site. Veja seis razões do porque ter um site rápido.

Mito 3: Plugins inativos reduzem a velocidade do site

Se você é como muitos proprietários de sites, pode acreditar que deixar plugins inativos em seu site WordPress diminui a velocidade do site. Embora seja uma boa ideia manter todos os plugins atualizados, os plugins inativos não diminuem a velocidade do seu site. No entanto, é importante lembrar que os plugins que não são mais atualizados podem criar pontos fracos no seu site que representam um sério risco de segurança.

Embora isso não signifique que seu site será imediatamente ameaçado se você tiver um plugin inativo, isso significa que você deve remover sua lista de plugins inativos quando tiver a chance.

Mito 4: Temas inativos reduzem a velocidade do site

Como o mito dos plugins inativos, os temas inativos não causam lentidão no site. Mesmo os sites com uma grande lista de temas não utilizados não são mais lentos, pois o WordPress só funciona em um tema por vez.

No entanto, você deve se esforçar para manter o seu painel limpo para facilitar o acesso, bem como a segurança. Temas desatualizados geralmente deixam áreas onde seu site pode ser explorado por possíveis riscos de segurança, portanto, removê-los ainda é a melhor opção.

Mito 5: A acumulação de lixo diminui a velocidade do site

Os sites WordPress não são sensíveis ao acúmulo de lixo ao longo do tempo. Na verdade, o mecanismo do WordPress é desenvolvido para lidar com uma grande quantidade de itens de lixo, como comentários de spam, devido a uma de suas principais funções, como uma plataforma interativa. Lixeira no WordPress vai diretamente para o seu banco de dados MySQL e não afeta o tempo de carregamento em seu próprio site.

Estes mitos WordPress podem causar estresse desnecessário para muitos usuários do WordPress, mas uma vez que você é informado sobre eles, você pode prosseguir sem preocupação. Embora alguns plug-ins e temas desatualizados possam representar riscos de segurança, o WordPress utiliza bancos de dados altamente capazes e um front-end otimizado, criado para lidar com grandes quantidades de dados, plug-ins e até mesmo lixo.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on linkedin
Compartilhar no Linkedin
Share on whatsapp
Compartilhar no WhatsApp

Se você gostou do post que acabou de ler e fará dele útil para você, compartilhe nas suas redes sociais e aproveite para fazer o download de um e-book totalmente gratuito.

Acredito que assim como você leu e gostou do post, lerá também nosso livro :D

mock02.png

Deixe um comentário sobre o post

Outros posts para você ler

Curta a Sites Realiza

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência